• Endereço: imprensa@palotina.pr.gov.br
  • Fone: (44) 3649 - 7800

Notícias

Com a chegada do verão, aumenta a preocupação quanto ao mosquito Aedes Aegypti e as doenças por ele transmitidas.

 

Nesta semana, a equipe do Programa Nacional de Controle da Dengue realizou o levantamento para medir o índice de infestação do mosquito Aedes no Município. A grande quantidade de chuvas no último mês contribuiu bastante para o aumento do índice. Entretanto, ficou constatado que a falta de cuidado por parte da população é responsável pela proliferação do mosquito.

 

Os principais focos de larvas do mosquito foram encontrados em bebedouros de animais,  vaso de flor, pneu, balde, regador, bacia, lona, copo plástico, pote plástico entre outros.

 

“O índice de infestação levantado foi de 3,2%, valor este muito além do preconizado pelo Ministério da Saúde. Este índice de infestação coloca o  município em grande risco para epidemias de dengue, chikungunya ou Zika Vírus”, ressalta a coordenadora de Endemias, Terezinha Duarte. “É preciso que toda a comunidade palotinense participe no combate ao mosquito Aedes Aegypti, eliminando os possíveis criadouros e não deixando água parada. Faça uma inspeção no seu quintal uma vez por semana, verifique as calhas, e tenha cuidado com as piscinas”, acrescenta.

 

Combater o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e Zika Vírus é responsabilidade de todos! Faça sua parte! Colabore!

35