Notícias

07-08-2018 Saúde realizou campanha alusiva ao dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais

A Secretaria de Saúde de Palotina por meio das equipes Estratégia Saúde da Família e Vigilância em Saúde desenvolveram uma campanha alusiva ao Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, 28 de julho, o qual foi instituído pelo Ministério da Saúde com o objetivo de alertar a população sobre a importância da prevenção da doença e estimular a procura pelo diagnóstico precoce.

Nos meses de julho até início agosto foram atendidas 139 pessoas com a realização de 536 exames. Além dos testes rápidos para Hepatite B e C, ainda foram oferecidos testes para HIV e Sífilis, doenças também consideradas sexualmente transmissíveis.

“Vale ressaltar que os testes disponibilizados na campanha estão disponíveis na rotina das unidades básicas de saúde”, explica a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Maristela Roratto. “Desta forma, quem não teve oportunidade de participar da campanha e tem interesse em realizá-los deve conversar com o enfermeiro responsável do posto de saúde próximo de sua residência”, acrescenta.

A doença – As Hepatites B e C são doenças causadas por vírus que provocam uma inflamação no fígado. Quando não diagnosticadas precocemente podem levar a graves complicações como cirrose ou câncer hepático. A transmissão se dá por meio da relação sexual desprotegida, sem uso do preservativo; da mãe portadora para o feto durante a gravidez, parto ou amamentação; pelo compartilhamento de objetos de uso pessoal como lâminas de barbear ou depilar, escova de dente, alicate de unha; por meio da confecção de tatuagens, colocação de piercing; entre outros.

Considerando que na grande maioria dos casos a pessoa portadora de hepatite não apresenta sintomas, o diagnóstico da doença se dá somente através da realização de exames laboratoriais.

“A região oeste do Paraná, em especial Palotina, possui uma alta incidência de casos de Hepatite B e C, sendo necessário informar a população sobre este agravo e aumentar a oferta de exames para diagnóstico precoce da doença evitando complicações para o paciente” conclui Maristela.


© 2015 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Azz Agência