Notícias

31-01-2018 Saúde realiza conscientização sobre Hanseníase

Janeiro é o mês de conscientização sobre a Hanseníase, doença que coloca o Brasil em segundo lugar em número de casos. O município de Palotina possui uma série histórica média de seis casos novos diagnosticados por ano, índice este considerado muito alto conforme indicadores do Ministério da Saúde.

A hanseníase ou lepra, como era conhecida antigamente, é uma doença infectocontagiosa, de evolução lenta cuja principal característica é o aparecimento de manchas avermelhadas ou esbranquiçadas que são amortecidas (a pessoa pode se queimar ou cortar sem sentir dor), não coçam e que em alguns casos provocam a queda dos pelos. Se não diagnosticada e tratada precocemente à hanseníase pode provocar incapacidades físicas permanentes através da perda da força muscular e do comprometimento de nervos periféricos.

Já erradicada em muitos países do mundo, a hanseníase é de fácil tratamento e cura, sendo transmitida de pessoa para pessoa através de gotículas de saliva da pessoa contaminada e que ainda não tenha iniciado o tratamento.

Várias ações são desenvolvidas no município de Palotina no decorrer do ano, e em especial no mês de janeiro busca-se intensificar as ações de divulgação e orientação da população através das equipes estratégia saúde da família e vigilância em saúde.

Caso você apresente qualquer tipo de mancha procure posto de saúde mais próximo da sua residência ou converse com seu médico sobre esse assunto. O diagnóstico precoce da doença é muito importante e visa impedir a evolução da mesma para formas incapacitantes e deformantes e contribui para a erradicação da hanseníase no Brasil.



Fonte: Maristela Barbieri – Enfermeira da Vigilância em Saúde


© 2015 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Azz Agência